Bruno Gagliasso sobre abordagem policial: “Trataram a gente como bandidos” - OPINATÓRIO.TV

Breaking

Publicidade

BANNER 728X90

sábado, 23 de maio de 2020

Bruno Gagliasso sobre abordagem policial: “Trataram a gente como bandidos”

Bruno Gagliasso sobre abordagem policial: “Trataram a gente como bandidos”


Bruno Gagliasso usou o Twitter para fazer uma série de desabafos sobre os ataques sociais que sofreu por ser crítico a Bolsonaro.

Bruno Gagliasso tem usado seu perfil oficial no Twitter para fazer desabafos. O ator disse que está sendo vítima de fake news e ataques sociais por ser crítico a Jair Bolsonaro.

“Tenho tanta vontade de contar para vocês as coisas que passamos enquanto essa coisa que hoje está no poder se criava. Recebi um e-mail de uma senhora que era minha fã há anos me pedindo que deixasse de apoiar a pedofilia por causa desses lixos de fake news que tem sido espalhadas sobre ele.

Bruno continuou dizendo sobre as situações de abuso, e resolveu contar sobre uma abordagem policial que passou ao lado da esposa Giovanna Ewbank e da filha Titi.

 “Meu carro com a minha família foi parado pela polícia na estrada de Búzios e trataram a gente como bandidos."

O ator relata que um dos policiais chegou a acusá-los de um crime. Segundo Bruno um dos ahgente disse; "Os lacradores devem estar cheios de drogas no porta-malas".

Segundo Bruno mesmo tendo criança no carro os polícias resolveram revista-los, e vistoriar o porta malas em busca de algo, e encontraram o porta malas cheio de brinquedos da filha Titi, e malas cheias de roupas.

Bruno lembrou ainda que a notícia mais recente sobre ele foi a publicação de uma foto dele ao lado de um amigo dizendo que ele era meu namorado e a Giovana era apenas fachada, que a esposa não estava grávida de outro e não  dele para, que tudo era para esconder seu relacionamento com homens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário